8 de abril de 2010

Síndrome de Adão.



E, ouvindo a voz do Senhor Deus, que passeava no jardim à tardinha, esconderam-se o homem e sua mulher da presença do Senhor Deus, entre as árvores do jardim. Mas chamou o Senhor Deus ao homem, e perguntou-lhe: Onde estás? Respondeu-lhe o homem: Ouvi a tua voz no jardim e tive medo, porque estava nu; e escondi-me. Deus perguntou-lhe mais:Quem te mostrou que estavas nu? Comeste da árvore de que te ordenei que não comesses? Ao que respondeu o homem: A mulher que me deste por companheira me enganou, e eu comi.

Na história da humanidade nada é novo, o homem continua usando os mesmos métodos as mesmas estratégias usadas no passado, criando assim alguns complexos, ou seja algumas síndromes, e entre tantas estão:

Megalomania. Mania de grandeza, tudo dele é melhor, o carro é melhor, a casa é melhor, os objetos pessoais são melhores, ou seja, tudo que ele toca vira ouro, nunca se submete a nenhum tipo de autoridade e se quer nutre respeito por elas, acredita nas próprias mentiras, da vida a suas fantasias, vivendo as como realidade.

Misantropia. Leva à pessoa a mania de perseguição, ele acha que o mundo conspira contra ele, não confia em ninguém e quando confia tem muitas restrições।

Síndromes maníacas. A síndrome maníaca pode ser conhecida pelos seguintes sintomas: aumento da auto-estima, engrandecimento do eu, insônia, fala rápida, agitação psicomotora, irritação, arrogância, desorganização, desinibição social e sexual, sentimento de grandeza e de poder. O maníaco não sente culpa de nada, ele não se governa pelas leis morais, embora possa viver a vida toda dentro dela. Ele humilha, destrata, pisa não se importa de manchar a reputação de ninguém desde que isto lhe satisfaz, as suas perversões podem ser ingênuas e ao mesmo tempo extremamente elaboradas uma das grandes marcas que já se observou em um psicopata é a inteligência, a habilidade do pensar rápido, o apego pela mãe e o descaso pelo pai.

Síndrome de Adão.

Adão não era diferente do que temos hoje, quando inquirido por Deus, porque estava escondido, ele deixou brotar do seu interior já formatado pelo pecado a grande habilidade de não assumir o seu erro. “A mulher que Tu me deste me enganou”, ou seja, a mulher é a culpado, o Senhor Deus, é o culpado.

Incrível como vemos isto hoje, como o ser invoca as mais estapafúrdias desculpas, para não assumir seus erros, seus fracassos, invocam deste a educação dadas pelos pais, ate os poderes das trevas। São tantas as variantes: porque ainda não e tempo de Deus, meus pais não me deram uma boa educação, o diabo se levantou, a sociedade me obrigou, isto é uma maldição hereditária. Tudo e todos são culpados menos eu, eu estou certo, sempre certo, meus pais estão errados, meus amigos, meus irmãos a igreja, meu sócio, minha esposa, a sociedade, o estado, a Bíblia tudo errado, eu somente eu estou com a razão.


A síndrome de Adão é esta verdade, o ser não assume a culpa, o erro, que dirá as conseqüências. Pense nisto.


Pr। Adilson de Souza. 12/10/07


Fonte da pesquisa sobre doenças mentais।

http://www.brasilescola.com/doencas/sindrome-maniaca.htm

Nenhum comentário:

Postar um comentário