18 de abril de 2011

Dicas para os MARIDOS que desejam fazer o melhor


Todo marido antes de se casar deveria conhecer esta história: Um jovem recebeu do rei a tarefa de levar uma mensagem e alguns diamantes a um outro rei de uma terra distante. Recebeu também o melhor cavalo do reino para levá-lo na jornada. O rei disse ao jovem: - Cuida do mais importante e cumprirás a missão! Disse o soberano ao se despedir. Assim, o jovem preparou o seu alforje, escondeu a mensagem na bainha da calça e colocou as pedras numa bolsa de couro amarrada à cintura, sob as vestes. Pela manhã, bem cedo, sumiu no horizonte. E não pensava sequer em falhar. Queria que todo o reino soubesse que era um nobre e valente rapaz, pronto para desposar a princesa. Aliás, esse era o seu sonho e parecia que a princesa correspondia às suas esperanças.

Para cumprir rapidamente sua tarefa, por vezes deixava a estrada e pegava atalhos que sacrificavam sua montaria. Assim, exigia o máximo do animal. Quando parava em uma estalagem, deixava o cavalo ao relento, não lhe aliviava da sela e nem da carga, tampouco se preocupava em dar-lhe de beber ou providenciar alguma ração.

- Assim, meu jovem, você vai acabar perdendo o animal, disse alguém. - Não me importo, respondeu ele. Tenho dinheiro. Se este morrer, compro outro. Nenhuma falta fará! Com o passar dos dias e sob tamanho esforço, o pobre animal não suportando mais os maus-tratos, caiu morto na estrada. O jovem simplesmente o amaldiçoou e seguiu o caminho a pé. Acontece que nessa parte do país havia poucas fazendas e eram muito distantes uma das outras. Passadas algumas horas, ele se deu conta da falta que lhe fazia o animal. Estava exausto e sedento. Já havia deixado pelo caminho toda a tralha, com exceção das pedras, pois lembrava da recomendação do rei: "Cuida do mais importante!" Seu passo se tornou curto e lento. As paradas, freqüentes e longas. Como sabia que poderia cair a qualquer momento e temendo ser assaltado, escondeu as pedras no salto e sua bota. Mais tarde, caiu exausto no pó da estrada, onde ficou desacordado. Para sua sorte, uma caravana de mercadores que seguia viagem para o seu reino, o encontrou e cuidou dele. Ao recobrar os sentidos, encontrou-se de volta em sua cidade. Imediatamente foi ter com o rei para contar o que havia acontecido e com a maior desfaçatez, colocou toda a culpa do insucesso nas costas do cavalo "fraco e doente" que recebera.

- Porém, majestade, conforme me recomendaste, "cuida do mais importante", aqui estão as pedras que me confiaste. Devolvo-as a ti. Não perdi uma sequer. O rei as recebeu de suas mãos com tristeza e o despediu, mostrando completa frieza diante de seus argumentos. Abatido, o jovem deixou o palácio arrasado. Em casa, ao tirar a roupa suja, encontrou na bainha da calça a mensagem do rei, que dizia: "Ao meu irmão, rei da terra do Norte! O jovem que te envio é candidato a casar com minha filha. Esta jornada é uma prova. Dei a ele alguns diamantes e um bom cavalo.

Recomendei que cuidasse do mais importante. Faz-me, portanto, este grande favor e verifica o estado do cavalo. Se o animal estiver forte e viçoso, saberei que o jovem aprecia a fidelidade e força de quem o auxilia na jornada. Se, porém, perder o animal e apenas guardar as pedras, não será um bom marido nem rei, pois terá olhos apenas para o tesouro do reino e não dará importância à rainha nem àqueles que o servem". Quantas lições podemos aprender com os erros desse jovem.

Ninguém casa sabendo tudo sobre “ser marido”, mas é necessário amadurecer, crescer, aprender dentro do casamento. Algumas dicas que podem contribuir para uma vida de casal mais gratificante: Nunca deixe para amanhã aquilo que você pode fazer hoje. Pequenos gestos de bondade no dia-a-dia podem ser o maior presente para a sua esposa. Priorize o seu casamento, invista nele. Lembre-se, você deve ser o promotor da felicidade da sua amada. Uma mulher feliz, produz muito mais como esposa. Se o casamento é uma viagem, torne essa viagem mais prazerosa, procure viver com suavidade, seja sensível às necessidades físicas, sociais, emocionais e espirituais da sua esposa. Faça sempre o melhor que você puder para vê-la feliz.

O que os maridos brilhantes fazem que os outros não fazem?

Sabem tocar a alma, antes de tocar o corpo da esposa. “Quando o homem toca apenas o corpo da mulher, ela se sente usada como objeto descartável e o casamento vai empobrecendo”.

Sabem ser leais. “A lealdade é a raiz da qual o amor se alimenta”.

Respeitam as emoções da esposa. “O que mais as esposas desejam, é a compreensão dos homens quanto as suas emoções”.

Celebram com a esposa as suas conquistas. “A primeira pessoa a ser informada sobre uma grande conquista deve ser a esposa. Com quem você celebra suas conquistas revela quem realmente é importante na sua vida”.

Investem no crescimento da esposa. “Nada melhor do que viver ao lado de uma mulher que nunca para de crescer, em todas as áreas da vida”.

Sabem ouvir com o coração. “Bem aventuradas são as esposas cujos maridos são sensíveis para ouvir”.

Respeitam aquilo que é importante para ela. “Amar é respeitar o que para o outro tem grande valor e para nós nem tanto”.

Fazem e cumprem promessas. “Qualquer mulher com o passar do tempo, se cansa, vivendo com um homem que não cumpre com suas promessas”.

Não se esquecem das datas importantes. “Se todos os homens soubessem o quanto para as mulheres as datas comemorativas são importantes, todos eles comprariam uma agenda para anotar e nunca esquecer”.

Sabem se relacionar com a família de origem da esposa. “Muitas coisas na vida é uma questão de gratidão e bom senso”.

Reconhecem a difícil tarefa de ser mãe e esposa. “Reconhecimento é uma das mais fortes declarações de amor no relacionamento de casal”.

Dicas para as ESPOSAS que desejam fazer o melhor:

A mulher sábia é aquela cumpre tão bem o seu papel que se torna indispensável para o marido.

Tenham iniciativa própria. Não esperem agir depois que o marido reclamar pela décima vez. Preocupem-se com aquilo que vocês sabem que o seu amado gosta. Um homem realizado no casamento se torna um príncipe dentro de casa. As esposas que fazem o seu melhor para seduzir, cativar, prender, proteger, aconchegar o seu marido nunca terão necessidade de chorar a dor do arrependimento.